NOTICIAS Principais Notícias Slides

ACIM REÚNE FACIAPA E EMPRESÁRIOS EM BUSCA DE SOLUÇÕES PARA A REGIÃO

Para tratar de assuntos relacionados às dificuldades enfrentadas pelos empreendedores da região, as quais travam o desenvolvimento econômico e, consequentemente, a geração de emprego e renda, o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Pará (Faciapa), Fábio Lúcio Costa, esteve em Marabá na última quinta-feira, 5. À noite, ele se reuniu com a direção da ACIM (Associação Comercial e Industrial de Marabá), no auditório da entidade.

Participaram da reunião o presidente Raimundo Nonato Araújo Júnior, a primeira-vice-presidente Cláudia Aparecida Felipe, o segundo-vice-presidente João Eufrásio de Alcântara Tatagiba, o presidente da Assembleia Geral Alberico Araújo e Silva Júnior, a primeira-tesoureira Sueli Pianho, o primeiro-diretor de Assuntos Especiais Paulo da Costa Alves e o segundo diretor Comercial Joel Nogueira.

Estiveram presentes ainda o primeiro-diretor de Microempresa Rodrigo Barroso Gonçalves, o diretor Executivo Klênio Ayres Santiago, o primeiro-secretário Caetano Cândido dos Reis Neto, o segundo-diretor de Microempresa Marcelo Almeida Araújo, o segundo-diretor de Turismo Raimundo Alves da Costa Neto e os membros do Conselho Superior Ítalo Ipojucan Araújo Costa (vice-presidente da Faciapa), Delano Antônio Remor, Félix Gonçalves de Miranda e Mauro de Souza.

Fábio Lúcio esteve acompanhado de Rubens Magno Júnior, superintendente do Sebrae-Pará, Sebastião de Oliveira Campos, presidente da Federação do Comércio do Estado do Pará (Fecomércio), Jadiel Menezes, vice-presidente Regional Sul da Faciapa e Wilson Oliveira, diretor-presidente da Aspeb Benefícios, além de outros integrantes da Faciapa e da Fecomércio.

À reunião compareceram ainda empresários e representantes das Associações Comerciais de São Félix do Xingu, Tucumã e Canaã dos Carajás.

Fábio Lúcio disse que o objetivo da reunião era levantar as demandas dos empresários da região e saber que dificuldades eles enfrentam na hora de empreender ou de ampliar seus empreendimentos. Todas essas informações farão parte de um diagnóstico que será levado ao Governo do Estado a fim de que este possa tomar medidas que venham a melhorar a vida do empresariado, visando o crescimento da região, tão rica, mas que avança a passos muito lentos economicamente.

Reuniões semelhantes já aconteceram em Capanema e em Santarém, ambas municípios-polo, assim como Marabá. A última ocorre em Altamira.

O presidente da ACIM, Raimundo Nonato Júnior, disse que é necessário que se execute um planejamento estratégico, que possa ser colocado em prática, com apoio governamental, para que a região volte a crescer.

Ítalo Ipojucan, ex-presidente da ACIM e vice-presidente da Faciapa fez uma breve explanação sobre os gargalos da exploração mineral na região, as dificuldades de logística que impedem a diversificação da base produtiva, o rastro de calotes deixados no comércio local por terceirizadas de grandes empresas e apontou soluções, todas já apresentadas ao Governo do Estado em um relatório técnico, cujo retorno ainda não aconteceu.

Sebastião Campos (Fecomércio), Jadiel Menezes (Faciapa Sul do Pará) e Rubens Magno Júnior (Sebrae-PA) também se pronunciaram na mesma direção: é necessário que o governo atue com mais presença na região a fim de eliminar os gargalos que travam o crescimento.

O presidente da Faciapa ouviu ainda e anotou relatos, queixas e sugestões de empresários e representantes do setor produtivo da região e anunciou que, ao final do ciclo de reuniões um relatório será elaborado e exibido em reunião com o governo estadual, em busca de apoio e soluções.

ASCOM/ACIM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *