NOTICIAS Principais Notícias Slides

ACIM lança o Projeto “Comércio Seguro”, de videomonitoramento

Tendo em vista o estado de insegurança que domina hoje o comércio local, com dezenas de casos de roubo ocorridos no último mês de dezembro, documentados por câmeras de monitoramento, a ACIM (Associação Comercial e Industrial de Marabá) lançou no dia 9 passado o Projeto “Comércio Seguro”, que consiste na instalação, em toda a cidade, de câmeras de última geração, as quais são dotadas de inúmeras funções voltadas para a segurança pública e privada.

Com alta tecnologia de ponta, esses equipamentos são capazes, por exemplo, de monitorar a movimentação de pessoas e veículos em determinado local, fazer reconhecimento facial, detectar placas de carros e motos com registro de roubo ou outra irregularidade, mesmo com o veículo se movimentando em alta velocidade e  emitir relatório analítico.

O projeto foi apresentado pelo empresário e Diretor de Microempresa da ACIM, Rodrigo Barroso Gonçalves, proprietário da empresa Fibralink, que criou a rede Fibraseg, a qual dará suporte e capilaridade ao sistema de câmeras de monitoramento, cuja capacidade pode comportar 40 mil pontos de vigilância sustentados por uma rede de mil quilômetros de fibra ótica.

Os milhões de imagens geradas podem ser disponibilizados aos órgãos de Segurança Pública, nas três esferas de governo, que terão uma ferramenta muito eficiente para detectar crimes que estejam ocorrendo e até mesmo prevenir o cometimento de delitos, pela análise do comportamento suspeito de um indivíduo ou grupo de pessoas, devido às transmissões em tempo real.

Atualmente, a Fibralink já tem 20 dessas supercâmeras instaladas em pontos estratégicos da cidade e sua eficiência foi 100 por cento comprovada em testes realizados.

Esse sistema de monitoramento começou a ser empregado no Estado de São Paulo no ano de 2016 e hoje já existe em mais de 600 cidades, dada a sua eficiência no combate e na pevenção ao crime.

Empresários e representantes da Segurança Pública presentes na reunião de lançamento ficaram empolgados e confiantes no funcionamento do novo sistema. Entretanto, para que alcance os resultados que todos desejam, minimizando os índices de criminlaidade, é necessária a parceria de todos, tanto empreendedores quanto poder público, conforme alertou Rodrigo Gonçalves.

Da parte da ACIM, o presidente da entidade, Raimundo Nonato Júnior, garantiu apoio irrestrito e a disseminação do projeto e da necessidade de sua urgente implantação, aos associados e aos demais empresários marabaenses.

Estiveram presentes ainda ao lançamento do Projeto “Comércio Seguro”: o segundo-vice-presidente da ACIM, João de Alcântara Tatagiba, o diretor de Comunicação Flávio Correa de Souza, o segundo diretor de Comunicação Murilo Silva Nogueira, o segundo diretor de Turismo Raimundo Alves Neto, que também é vice-presidente do SINDICOM (Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Marabá) e o presidente da Câmara de Diretores Lojistas (CDL) de Marabá,  Presidente Pedro Lopes de Brito.

Pela Secretaria Municipal de Segurança Institucional (SMSI), o secretário municipal Jair Guimarães, o scretário adjunto Wender Morais e os servidores Francisco Ivan e Gideão Nascimento.

Pelo Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), o diretor Jocenilson Silva Souza; pela Guarda Municipal de Marabá Odailde Oliveira e Wiliscey Leão; e pela Polícia Militar do Pará o major Hélio Oeiras Formigosa, subcomandante do 4º Batalhão de Polícia Militar e o militar Cleiderson Torres da Costa.

Pela Polícia Civil o superintendente Regional do Sudeste do Pará, delegado Thiago Carneiro Rodrigues, e os delgados Simone Felinto França e Timóteo Oliveira Silva. Pela Câmara Municipal de Marabá o vereador Ilker Moraes Ferreira (PHS), vice-presidente do Poder Legislativo; e pela empresa Fibralink o advogado Marcones Santos.

ASCOM/ACIM